terça-feira, 18 de novembro de 2008

gosto da ironia (quando ela existe).
mas desprezo as sombras do anonimato.

Nenhum comentário: